Democracia Pirata – Parte 2

texto por Kenneth Maxwell o texto a seguir é uma livre tradução de um dos ensaios do livro “Naked Tropics”, sobre o Brasil e a América Ibérica. A frequente presença de moedas de ouro e prata espanholas nas narrativas piratas não foi acidental e ajuda a explicar o passado histórico e geográfico da pirataria, algo que, em grande parte, se encontra ausente do livro de Cordingly. O surgimento inicial de corsários franceses, ingleses e holandeses nas águas caribenhas foi uma resposta das n...
Continue reading

 

Realidade Coisada: LGPD e os vetos presidenciais

Foi votado neste mês de julho uma regulação que determina como os dados pessoais devem ser tratados em território brasileiro a partir da Lei Geral de Proteção de Dados. Por Alguém Anon e Ghist&nb...
Continue reading

 

Hackers: os novos inimigos da humanidade

Hostis humani generis ait judex sergius morus por @rrobinha Em 1724 foi publicado o livro “História Geral dos Piratas”. Embora o autor original tenha assinado com o nome de “Capitão Charles Joh...
Continue reading

 

Nota de apoio ao trabalho do Intercept

No mundo livre, a informação é um bem comum caro aos indivíduos e a transparência do governo é valorizada, buscada e considerada como um valor, e o papel de um jornalista é apresentar aquilo que não...
Continue reading

 

MEC de Bolsonaro quer acessar dados pessoais de estudantes ilegalmente

Bolsonaro quer acessar ilegalmente dados pessoais dos estudantes para patrulha ideológica e prejudicar entidades, levando a queda do novo Diretor do INEP. por Chemale Elmer Coelho Vicenzi, nomea...
Continue reading