Relato de um pirata no Fórum da Internet em Salvador

"Internet.org não é Internet"

Por Man Filho*

Meu relato no V Fórum da Internet

Houve uma ótima receptividade entre a equipe da produção do evento quanto ao nome “Partido Pirata”, para tanto que foi fornecida ao Leandro Chemalle (PIRATAS/SP), com uma certa facilidade, uma sala e toda estrutura necessária pra apresentação do partido no fórum. Falamos pra umas 20 pessoas, que se mostraram bastante interessadas e simpáticas à(s) nossa(s) ideologia(s).

A impressão que eu tive foi que a relação Piratas/CGI formada por outros fóruns está selada.

Tivemos autonomia pra falar de TUDO, inclusive pra coletar assinatura, panfletar e falar bastante sobre o Fórum de Desgovernança da Internet (IUF iuf.partidopirata.org) – dentro do Fórum. Eu e o Chemalle falamos sobre as dificuldades do Partido, coleta de assinatura, arbitraridade/boicote do TSE, hackear a política, ideologia Pirata, democracia líquida, loomio, história do partido, ativismo, apoio aos hackerspaces, etc.11753847_960237917331788_1244994704_n

Igor Tercio Dias (Piratas/MG) coletou assinaturas e participou de alguns fóruns. Pyter fez o papel de um bom pirata que bebe rum. Eu e o Chemalle participamos dos fóruns, produzimos bastante e posamos pra fotos só por estarmos com a camisa do Partido (pessoas pediam pra fotografar). 11721904_960237923998454_454681316_n

A organização no fórum estava exemplar. Nada se perdia, em momento algum percebi qualquer inclinação do CGI para com as grandes corporações, ao contrário. Inclusive, ex-funcionários – agora em outros coletivos -, tinham bastante voz como ativistas em prol de uma internet livre e realmente inclusiva.

A Colivre estava responsável pela relatoria e tudo que foi proposto foi relatado. Eu, como ativista e pirata, e mais 3 ativistas, participamos de um ato no momento da fala do Bruno Magrani (representante do Facebook). Estendemos faixas com os dizeres:

1 – INTERNET.ORG – É falsa inclusão digital: não é internet, nem .org
2 – Precisamos de políticas de UNIVERSALIZAÇÃO da banda larga 

"Internet.org não é Internet"

“Internet.org não é Internet nem .org”

Percorremos a direita do salão, passamos pela frente da mesa, percorremos toda a esquerda do salão, até a saída, para mostrarmos que estávamos pouco importando com a fala do Facebook. Não houve qualquer represália do CGI quanto ao ato, as pessoas não prestavam atenção no que o lobista falava e fotografavam bastante, causando um ótimo desconforto ao Bruno e desfocando a lavagem cerebral que ele tentava aplicar.

Quanto a trilha de segurança, participei interpelando bastante. Coloquei em xeque o Artigo 13 e 15 do Marco Civil, principalmente o 15, e foi um debate enorme e demorado. A maioria da mesa não concordou com os artigos e isso foi encaminhado, um coronel representante do Ministério da Defesa foi obrigado a deixar passar.

No último dia, no relato final, mais uma vez senti o quanto os Piratas têm voz no fórum. Chemalle deu muitas sugestões, tal qual, inclusive, o Fórum da Internet em algum momento ser próximo do FISL, desejo este que foi corroborado com um organizador do FISL que estava no evento, com bastante apreço da mesa.

Encaminhei um upgrade ao simet (http://simet.nic.br/) pra que gere relatórios confiáveis e outorgados, empoderando o consumidor a detectar o maldito Traffic Shaping, do qual a mesa respondeu que “avaliará essa ideia com carinho”.


Não pude acompanhar a fala do representante do Google, contudo, ao ver as considerações finais, ficou claro pra mim o medo do Google frente ao Internet.org. A fala do Google, em sua essência, foi corroborando os anseios dos ativistas. Claro, quem controla o link, controla a qualidade do acesso, e nessa briga ganha quem fornece o acesso.

Pirata no Raul Hacker Club

Piratas com a galera do Raul Hacker Club, MateHackers e Coletivo Saravá

Minha crítica vai pra equipe ser majoritariamente acima dos 45 anos, com pouquíssimos jovens; o que dificulta consideravelmente nossos anseios por mudanças radicais. E não ter um controle sistemático pras falas, cronometrado; atrapalha um pouco… ou talvez seja minha prática do Pomodoro influenciando no julgamento, não sei 🙂

Minhas considerações finais é que, apesar de estar composto por acomodados, o CGI tem muita boa vontade. Não tem poder deliberativo e está a mercê da hierarquia política brasileira. Achei o evento o mais horizontal possível, sem distinção de crachás para palestrantes e participantes, sem corte em falas agressivas e o mais plural que se possa fazer.

*Man Filho é pedreiro, ativista, haole-surfista e poeta. Estudante de Engenharia Elétrica da UFBA, um dos coordenadores dos PIRATAS na Bahia (mas não faz porra nenhuma) e sócio fundador do Raul Hacker Club.


Kommentare

One comment for Relato de um pirata no Fórum da Internet em Salvador

  1. Spider commented at

    Man Filho, minha ida ao Pre-IGF era apenas para levar os panfletos e conseguir alguns apoios para o IUF. Planejaria alguma intervenção se tivesse ambiente e pessoas engajadas no Partido Pirata ao inves do CGI. Foi um prazer estar na companhia do pirata do Sudeste que vinha de uma boa experiencia de reforma libertaria no programa do Partido e proposta de gestão compartilhada na coordenadoria regional. A gente tinha combinado com Chemalle de apresentar os trabalhos feitos no ultimo ano e deixando pra falar do nosso IUF do lado de fora, internamente. Pois não fazia sentido um forum paralelo dentro do ‘oficial’ como palestra. Ele me mostrou que Chemalle atropelou e colocou lá mesmo assim, sem falar com a gente. Eu risquei o nome ungovernance e ele me chamou de ‘Vandalo’ por ficar feio na ‘organização do CGI’. Nem eu e nem o Igor comparecemos e que bom que Man Filho foi com Chemalle, pois você é muito divertido.

    E ultimamente, não falo em nome do Partido Pirata nas minhas ações. Estava lá em nome do Circulo de Cidadania, pessoal do grupo Nós com quem estou apoiando o #IUF.
    http://circulocidadania.tumblr.com/post/121380493213

Deixe uma resposta

Notice: Comments reflect the opionions of those who did wrote theme. Allowing people comment here, doenst mean, that we also agree with them.

Your email address won't be displayed. Required fields are marked with this sign: *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More information

Arquivo de posts