#FreeBassel ativista de software livre pode ser sentenciado à morte na Síria

FreeBasselBassel Khartabil é uma das principais figuras do movimento Open Source na Síria e um grande defensor do software livre no Oriente Médio.

Foi preso pelo regime ditatorial de Bashar al-Assad em 2012 sob a acusação de “colocar em risco a segurança do Estado” e continuamente torturado desde então por conta de sua militância. Neste último fim de semana, sua família recebeu a informação de que ele foi secretamente condenado à morte e poderá ser executado a qualquer momento.

Durante o Internet Ungovernance Forum, que se realizou em João Pessoa, na Paraíba, assim como no IGF, uma moção já foi adotada, pedindo por sua libertação imediata. Diante da perturbadora notícia de que ele poderá ser executado a qualquer momento, o MIT Media Lab e a Electronic Frontier Foundation lançaram um novo pedido pela libertação de Bassel.

O Partido Pirata – Brasil soma a sua voz a esse chamado. Exigimos que todas as falsas acusações levantadas contra Bassel sejam revogadas, que a farsa de seu julgamento secreto seja anulada e que ele seja imediatamente libertado. Nós nos solidarizamos com sua família e exigimos que cessem as ameaças e represálias do brutal regime sírio contra ela. Alertamos também para o risco que representa para as liberdade civis no mundo a equiparação que vem sendo feita entre o ativismo digital e o terrorismo não somente por regimes repressivos, mas também por governos eleitos democraticamente. Denunciamos todas as iniciativas em todo o mundo que caminham nesse sentido e que colocam em risco a democracia e a liberdade de todos.

Liberdade para Bassel! Liberdade para o povo sírio! Viva a internet livre!


Kommentare

3 comments for #FreeBassel ativista de software livre pode ser sentenciado à morte na Síria

  1. Pingback: Criador de software livre é condenado a morte na Síria | Anonymous FUEL

  2. Pingback: #IUF2015 recebeu Gabriela Coleman, Julia Reda, Birgitta Jónsdóttir, Danny O’Brien e Piratas dos Sete Mares | PIRATAS

Deixe uma resposta

Notice: Comments reflect the opionions of those who did wrote theme. Allowing people comment here, doenst mean, that we also agree with them.

Your email address won't be displayed. Required fields are marked with this sign: *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More information

Arquivo de posts