[Opinião] Cyber-monitoramento de dados de usuários da ID Estudantil

thread por Saulo Carneiro

o texto abaixo é um versão estática da thread desenvolvida por carneirinho poc.

Como havíamos abordado em um texto anterior, o governo Bolsonaro não conseguiu ter acesso à base anterior da carteirinha estudantil, que é a principal fonte de fundos da UNE, e resolveu criar uma carteirinha estudantil digital própria. As últimas informações disponíveis apontavam que a MP que permitiu o lançamento da ID Estudantil estava quase vencendo no Congresso.

1/ O governo federal, por meio do Ministério da Educação, criou em novembro de 2019 o programa ID Estudantil. Segundo o governo, a ideia é fornecer uma carteira de estudante gratuita.

https://educacao.uol.com.br/noticias/2019/11/25/id-estudantil-mec-lanca-app-da-carteirinha-digital.amp.htm

2/ Até aí, seria maravilhoso, não é mesmo?! Só que esse projeto é muito mais obscuro do que parece. O mais evidente é que ele tem como objetivo retirar a principal fonte de financiamento das organizações estudantis como @uneoficial@ubesoficial

.3/ A @slytherab explicou toda estratégia de desmonte e desmobilização nessa thread:

4/ Mas além do ataque ao movimento estudantil organizado, o projeto do ID Estudantil tem objetivos ainda + obscuros e fascistas. Primeiro de tudo, a coleta, armazenamento e compartilhamento de dados dos usuários do app. O aplicativo faz o reconhecimento durante o cadastro.

5/ Os dados de reconhecimento facial dos usuários podem ser utilizados durante manifestações contra o governo. Em Hong Kong, manifestantes derrubaram postes de reconhecimento facial para evitar prisões e perseguições.

6/ Na Bahia a tecnologia já vêm sendo utilizada pela polícia para prender foragidos da justiça.

7/ O app também solicita autorização do usuário para acessar sua localização, e nos termos de uso o governo deixa claro que pode usar e compartilhar essa informação.

8/ Todas essas informações podem ser utilizadas pelo Governo para reprimir manifestações de estudantes ou estabelecer processos de perseguição. Tudo com a permissão dos usuários e dentro da “lei”.

9/ Com o aplicativo ID Estudantil o Governo atual, além de matar dois coelhos com uma única caixa d’água, pode estar se adiantando a possíveis manifestações e revoltas. Que sempre tem como protagonistas estudantes. É preciso estar atentos aos novos mecanismos de vigilância e >>

10/ controle do atual governo. O que aparentemente parece ser um benefício para os estudantes, esconde uma tecnologia com possibilidade de alimentar a máquina de repressão do estado.

11/ O @saintspablo trouxe uma informação muito boa que deixei passar. O antigo presidente do INEP caiu por querer acessar dados sigilosos de estudantes durante o desenvolvimento desse projeto de ID Estudantil.

12/ Desde 2011 a polícia de SP tem um programa chamado “Olho de Águia” que filma manifestações e armazena em um banco de dados de dados secretos.

13/ Diversas cidades no país já estão usando o reconhecimento facial em eventos com muitas pessoas. São Paulo vai usar no carnaval:

14/ O @ocolunista fez uma matéria no ano passado sobre isso. “O estopim da saída de Vicenzi foi quando Abraham Weintraub pediu acesso a dados sigilosos de estudantes, solicitação que foi negada pelo procurador-chefe do órgão”.

15/ A @uneoficial também denunciou a tentativa de obter os dados dos estudantes no ano passado.

16/ Com a greve dos procuradores do INEP após as tentativas fracassadas de obter os dados, que são sigilosos e envolvem notas e matrículas de estudantes, parece que o governo viu no projeto da ID Estudantil a oportunidade perfeita para atacar a UNE e ter acesso a esses dados.


Deixe uma resposta

Notice: Comments reflect the opionions of those who did wrote theme. Allowing people comment here, doenst mean, that we also agree with them.

Your email address won't be displayed. Required fields are marked with this sign: *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More information

Arquivo de posts