David Bowie e a morte do Copyright

David Bowie foi um artista por excelência: atravessou as fronteiras entre música, artes visuais e moda, transgrediu todos os papeis impostos que encontrou pelo caminho, e hackeou a indústria musical de forma a estar sempre um passo à frente, desbravando em vez de se adaptar. Questionou as imposições de gênero, teve sua música cantada no espaço, distribuiu música pela internet, questionou o copyright e os direitos autorais, previu a música fluindo como água, necessária e sem barreiras, e deixou como último ato de rebeldia transgredir a própria morte ao subjugá-la, transformando em arte.

“I’m fully confident that copyright, for instance, will no longer exist in 10 years, and authorship and intellectual property is in for such a bashing. Music itself is going to become like running water or electricity.” (BOWIE, David)


Deixe uma resposta

Notice: Comments reflect the opionions of those who did wrote theme. Allowing people comment here, doenst mean, that we also agree with them.

Your email address won't be displayed. Required fields are marked with this sign: *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More information

Arquivo de posts