Marinha dos EUA é processada em 600 milhões de dólares por usar software pirata

do TorrentFreak

Uma empresa alemã chamada Bitmanagement está processando a Marinha dos Estados Unidos por pirataria e pode forçar o governo a pagar uma compensação de quase 600 milhões de dólares.

O caso começou entre 2011 e 2012, quando a Marinha fechou negócio com a Bitmanagemente para testar um software da empresa em 38 computadores. O programa, chamado BS Contact Geo, é uma aplicação virtual tridimensional.
Após os testes, as duas partes começaram a discutir um acordo para aumentar a quantidade de computadores licenciados, mas em 2013 executivos da Bitmanagemente receberam e-mails dando conta de que o software já estava instalado em pelo menos 558.466 computadores da marinha.
Para piorar a situação, os alemães descobriram que o governo americano havia desabilitado uma ferramenta que permitiria rastrear a quantidade de máquinas em que o software estava em uso.
Na época, uma única licença do BS Contact Geo custava 1.067 dólares, por isso a Bitmanagement pede uma compensação de, no mínimo, 596.308.103 dólares o equivalente ao número de PCs que rodavam a aplicação irregularmente.
Esta não é a primeira vez que os militares americanos são apanhados fazendo uso de programas piratas. Há alguns anos, o governo teve de pagar 50 milhões de dólares a uma programadora de software de logística. O irônico é que os EUA classificam a sua briga com Kim Dotcom como um dos maiores casos de crime de direito autoral da história, sendo que o criador do Megaupload causou prejuízos bem mais tímidos que o próprio governo.
 

Kommentare

One comment for Marinha dos EUA é processada em 600 milhões de dólares por usar software pirata

Deixe uma resposta

Notice: Comments reflect the opionions of those who did wrote theme. Allowing people comment here, doenst mean, that we also agree with them.

Your email address won't be displayed. Required fields are marked with this sign: *

More information

Arquivo de posts