Manifesto v2.0

Nota: este documento foi elaborado pelo Movimento Partido Pirata do Brasil (MPPBr),  mobilização coletiva que culminou na fundação do Partido Pirata do Brasil. Dada sua relevância histórica para o Partido, disponibilizamos aqui o Manifesto, para leitura de todos. Atualmente, os documentos oficialmente reconhecidos pelo Partido Pirata do Brasil, para efeito de deliberação, são o Estatuto, o Programa e as Diretrizes.

 

 

Preâmbulo

Este documento foi construído aberta e colaborativamente pelos membros do PPBr (nota: o Partido Pirata não usa mais a sigla PPBr, agora somos PIRATAS) utilizando ferramentas de edição on-line. Após concluído, o mesmo foi votado utilizando-se o sistema de votação on-line do PPBr.É ponto pacífico no PPBr que os documentos devem ser revisados periodicamente. Logo, obedecendo a esta lógica, esta versão será atualizada de acordo com as ideias que os membros do PPBr defendem.

Manifesto do Partido Pirata do Brasil v2.0

Considerando que todo ser humano tem direito à liberdade de opinião e expressão, incluindo a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e ideias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras; Considerando que uma sociedade que compartilha informação livremente é mais livre, mais justa, mais pacífica e mais fraterna; Considerando que todo conhecimento é construído recursivamente a partir de um conhecimento anterior, na base desta estrutura, encontra-se o conhecimento comum pertencente a todos e sobre o qual não há nem deve ser admitida, em momento algum, restrição de acesso; Considerando que o desenvolvimento social do Brasil em todas as áreas, incluindo saúde, educação, ciência, meio ambiente e economia, depende de uma revisão global da legislação que regula as diversas modalidades de monopólio do uso das ideias expressas, indevida e genericamente definidas sob o termo propriedade intelectual; Considerando que a criminalização indiscriminada de diversas práticas culturais danosas à identidade da sociedade brasileira não corresponde ao exercício da soberania popular; Considerando que o compromisso do Estado Democrático de Direito em se manter aberto às novas demandas sociais não tem sido cumprido pelos atuais partidos políticos, base do sistema político nacional, no tocante à efetiva representação dos interesses da sociedade em relação à cultura digital.

Nós do Partido Pirata do Brasil (PPBr) conclamamos todas os brasileiros a se juntarem a nós:

Para defender o direito à liberdade de expressão; Para defender o direito de livre acesso à cultura; Para defender o direito ao livre acesso ao conhecimento, incluindo a liberdade de fazer, estudar, aprimorar e compartilhar, de maneira aberta, livre e colaborativa. Para defender o direito à intimidade, incluindo a privacidade de informações e dados pessoais; Para defender uma via pública no Espectro eletromagnético! Para navegar nas correntes marítimas das redes de pessoas, em embarcações devices, pelos mares do consenso. Atracaremos nos portos da conciliação, mantendo-nos sempre nas rotas da interatividade colaborativa e do debate franco e aberto, respeitando irrevogavelmente a soberania das decisões coletivas, pois, para nós, a vida acontece em redes nas quais a existência de cada um é conectada à existência de todos os demais seres! E muito em breve estaremos desembarcando juntos e promovendo grandes confraternizações de paz e liberdade, do campo ao litoral, entre todas as gentes de todos os povos que constituem nossa amada nação brasileira.

Nós do PPBr invocamos a todas as pessoas inquietas e inconformadas com o marasmo político brasileiro, que juntem-se a nós:

Para defender a transparência na gestão da coisa pública; Para empunharmos as ferramentas da livre comunicação multimídia compartilhada e proclamarmos juntos a liberdade em toda a parte, para que os mandatários cumpram fielmente seus papéis e, do tesouro comum, a todos prestem contas com clareza e transparência, para que assim provem seu valor como pessoas que praticam a ombridade que proclamam e para que o poder que do povo emana, seja, pelo povo, legitimamente exercido!

Nós do PPBr desafiamos aos brasileiros e brasileiras que almejam dias melhores para juntos combatermos:

A censura prévia; O discurso do medo; A concentração do poder; O preconceito em todas as suas formas.

Nós do PPBr conclamamos a todas as pessoas brasileiras que se juntem a nós para transformarmos nosso país num lugar de justiça, liberdade e paz para todos!

AO COMBATE! AVANTE! AVANTE! PPBR!

Brasília, 25 de Julho de 2011.

MOVIMENTO DO PARTIDO PIRATA DO BRASIL

www.PartidoPirata.org

Kommentare

17 comments for Manifesto v2.0

  1. Fernando commented at

    em comparação com os outros partidos atuais, só tenho uma pergunta: onde é que eu assino??

  2. mar commented at

    gilson a forma democratica de deliberação não existe em outros lugares e nem vão existir, não vai ter vicios de partidos e nenhum politico vai querer vir para os piratas por essa politica de democracia liquida

  3. Nao sou Brasileiro, mas meu coracao, vive com eles.

    Sou natural de Lisboa, vivo na Holanda desde 1972,
    Quero aqui pois deixar o meu agradecimento pelas ideias deste Partido.
    E se possivel, quero tb tomar parte do Partido.
    Minhas amozades do facebook, ja estao ao corrente deste Partido Pirata.

    Atenciosamente

    Henrique

    Leiden / Nederland

  4. Estou ainda iniciando meu conhecimento sobre esse movimento. Tentando não ser preconceituoso noto no geral AINDA UMA DINÂMICA VELHA, MEIO MILITARISTA, DE INFANTARIA, TIPO DE GUERRA DE MOVIMENTO NAS MANIFESTAÇÕES ORGANIZADAS POR ESSES PARTIDÁRIOS.
    A proposta programática é ótima, mas o modo de organização política (apesar de revolucionar a perspectiva de simbiose – QUE TANTO DEFENDO – entre as atividades on-line e off-line na rede) continua viciada na mesma dinâmica dos velhos movimentos sociais organizados desde a revolução francesa. Falta a paz, falta cultura, falta o lodo positivo dos movimentos libgertários como a alegria dos Hippies, falta a novidade de canalizar uma energia do bem numa inventividade de um novo modo de fazer política.
    .

    • mar commented at

      criamos nosso próprio movimento do dia 7 que é dia pirata
      temos detalhes na nossa fan page na parte de eventos

  5. Hugo Moreira Fernandes commented at

    Quero conhecer mais sobre a origem do Partido Pirata e quais as suas diretrizes, o que pensam sobre a propriedade se deve ser pública ou privada ou de interesse comum enfim o que diferenciam os piratas dos demais partidos, ou será só um movimento passageiro? A princípio não vi nos piratas nada de novo e muito menos revolucionário, mas talvez isso seja fruto da minha ignorância, se for me desculpem estou aprendendo!

    • mar commented at

      pelo site, twitter facebook tem muita informação pode nos contatar mais facil pelas redes sociais

  6. Riley commented at

    Quero que os PIRATAS Sejam uma AMORCRACIA.

    E que sejam não de … Esquerda, Direita, Centro.
    Mas de Superior …De Coração.
    De Delicadeza, de Docilidade.

    Todos que querem amar, e libertar o corpo e alma do sofrimento.
    Mas inimigo de todos aqueles que preferem odiar e controlar.

    Amar quem nos ama, odiar quem nos odeia. Odiar quem amamos, porque pouco podemos corresponder. Amar quem nos odeia, porque é isso que falta no coração deles.

    É o que penso.

  7. Dúvida commented at

    O Partido se aproxima mais do libertarianismo ou do socio-liberal? (Ou mesmo do socialismo?)
    Como vocês se posicionam com relação ao Estado? Preferem medidas anti-estatais ou a favor dele?

    Tem aproximamento ideológico com partidos como PT ou PSOL?
    Vocês levam em conta o anarquismo pós-esquerda de Hakim Bey e outros teóricos pró-piratas?

    Essas questões são fundamentais pra uma transparência política de fato.

    Obrigado.

  8. tonio cunha commented at

    Via pública no Espectro eletromagnético? Correntes marítimas das redes de pessoas? Embarcações devices? Podem explicar o que isso significa. Este partido é de esquerda, direita ou de centro? Se alinha ideologicamente a quais partidos que existem hoje no Brasil?

  9. Pelo wi-fi aberto commented at

    Os contratos de internet da Telefónica e GVT estipulam multas de R$10.000,00 e R$5.000,00 para quem compartilhar internet com seu próximo.

    Os Piratas deveriam também lançar uma campanha no Brasil para que pessoas comuns possam deixar abertos os seus roteadores sem fio. Como disse um famoso gênio da criptografia, deixar seu wi-fi aberto é um gesto de fineza/cortesia/civilidade.

    Pelo visto, a Anatel também é contra fineza e civilidade.

    Vejam: OpenWireless.org

  10. Tony Gigliotti commented at

    Parabéns pelo manifesto e pela mobilização! Vejo um futuro auspicioso para o partido!

Deixe uma resposta

Notice: Comments reflect the opionions of those who did wrote theme. Allowing people comment here, doenst mean, that we also agree with them.

Your email address won't be displayed. Required fields are marked with this sign: *