Partido Pirata entrega em Brasília 30 mil assinaturas pelo livre compartilhamento

Os PIRATAS protocolaram em Brasília uma carta endereçada a CPI de Cibercrimes com críticas as mais novas ameaças à liberdade de expressão, privacidade e compartilhamento — mais uma vez gestionadas na retrógrada (e tecnofóbica) Câmara dos Deputados.

Após debates e deliberações através das ferramentas de comunicação Mumble e Loomio, os representantes dos PIRATAS na entrega foram o secretario geral Daniel Prazeres (esquerda) e Apolinário, Coordenador Nacional da Região Centro-Oeste.

Além da carta, os piratas anexaram mais de 30 mil assinaturas, recolhidas em uma semana, contra a criminalização do compartilhamento de entretenimento, cultura e conhecimento e incluiram um protesto contra a Anatel.

Leia a carta na íntegra

Apolinário protocola carta dos PIRATAS ao Congresso


Deixe uma resposta

Notice: Comments reflect the opionions of those who did wrote theme. Allowing people comment here, doenst mean, that we also agree with them.

Your email address won't be displayed. Required fields are marked with this sign: *

More information

Arquivo de posts