Netflix pagará Comcast por velocidades mais rápidas.

Netflix pagará Comcast por velocidades mais rápidas.
(Reuters) – Netflix concordou em pagar uma das maiores provedoras de banda larga dos Estados Unidos, a Comcast Corp, por maiores velocidades, abrindo assim a possibilidade de que mais empresas de conteúdo tenham de pagar para obter melhores serviços.
Comcast e Netflix fizeram o anúncio em conjunto no domingo, marcando a primeira vez em que o Netflix paga por velocidades maiores nos EUA após clientes reclamarem do serviço lento. Os termos do acordo não foram divulgados.
O acordo surge em um momento em que reguladores federais estão em conflito sobre uma questão conhecida como ‘Neutralidade da rede’, que diz respeito a provedores de banda larga e à possibilidade deles estarem autorizados a diminuir o tráfego de dados de alguns sites em particular, potencialmente forçando empresas de conteúdo a pagar por um serviço mais veloz na rede.
A Comissão Federal de Comunicações disse, na semana passada, que planeja reescrever as regras após um tribunal dos EUA derrubar a versão previamente elaborada pela Comissão.
A questão está sendo observada atentamente pelo fato de que milhões de pessoas assistem a filmes e seriados de TV através de serviços de transmissão oferecidos por empresas como Netflix e Amazon.
Netflix, que começou como um serviço de entrega de DVD por correio, possui atualmente 44 milhões de assinantes pelo mundo sendo 34 milhões desses apenas nos EUA. Cerca de 7 milhões de assinantes pagam por serviços de entrega por correio. As empresas declararam que estavam “trabalhando por muitos meses de forma colaborativa ” para estabelecer um acordo de anos. Netflix não receberá tratamento preferencial na rede, as empresas disseram.
Como parte do negócio, Netflix oferecerá diretamente para a rede de banda larga da Comcast seus filmes e seriados de TV ao invés de fazer isso através de terceiros, permitindo aos clientes uma transmissão mais veloz para assistir os filmes e seriados.
Isso poderia forçar Netflix a fechar acordos semelhantes, conhecidos como “acordos de interconexão” estabelecidos com outros provedores de banda larga como Verizon e AT&T. Com mais de 44 milhões de assinantes pelo mundo, Netflix tem feito esforço para se conectar diretamente a provedores de Internet banda larga. A empresa tem feito acordos semelhantes com Cablevision e Cox, embora não tenha pago por essas conexões.
O acordo com Netflix surge logo após a Comcast comprar a Time Warner Cable por 45 bilhões de dólares, um negócio que atrairá a atenção de antimonopolistas.
A empresa resultante teria quase 30% das ações do mercado de TV paga dos EUA, e também seria a maior provedora de acesso à Internet banda larga.

Já que você está aqui…

… nós estamos pedindo por um pequeno favor. Diferente de outras organizações, não recebemos dinheiro de governos e nem de empresas. Também não cobramos por acessos às nossas ferramentas. O Partido Pirata é uma organização independente que luta por direitos digitais, o livre compartilhamento de informações, privacidade para as pessoas e transparência de governos e corporações. Somos pessoas voluntárias tentando construir dia após dia o partido e precisamos de dinheiro para colocar algumas ideias em prática e cobrir diversos gastos. Isso requer muito trabalho e fazemos pois acreditamos que a nossa perspectiva importa porque –  também pode ser sua perspectiva.


Deixe uma resposta

Notice: Comments reflect the opionions of those who did wrote theme. Allowing people comment here, doenst mean, that we also agree with them.

Your email address won't be displayed. Required fields are marked with this sign: *

More information

Chat Internacional @GlobalPirates

Publicações