FBI coletou 411 milhões de fotos para sistema de reconhecimento facial

via The Verge

A polícia federal dos EUA teria coletado mais de 411 milhões de fotos, incluindo 173 milhões de identificações de carteiras de motoristas, para montar um banco de dados com os rostos de cidadãos norte-americanos. Com base nesse catálogo de imagens, o FBI teria desenvolvido um sistema que cruza informações para determinar a identidade de qualquer pessoa por uma imagem do seu rosto.

De acordo com o relatório, o sistema secreto do FBI funciona desde abril de 2015, sendo que, antes disso, passou por três anos de testes. Desde o início do programa, agentes da polícia federal dos EUA realizaram mais de 36 mil consultas ao banco de dados para identificar pessoas suspeitas, sendo que dessas, o sistema trouxe 50 resultados potencialmente compatíveis.

O sistema apenas sugere um rosto em seu banco de dados que pode ser o mesmo da imagem averiguada, sendo que cabe ao policial determinar, na opinião dele, se essa é a mesma pessoa ou não. Arkansas, Flórida, Maryland, Maine, Michigan, Novo México e Texas são os estados que têm o direito de acessar o banco de dados, pelo menos por enquanto.

A descoberta causou certa preocupação entre especialistas. “O FBI criou um sistema de reconhecimento facial nacional que inclui não só criminosos, mas também dezenas de milhões de americanos obedientes à lei que não foram notificados sobre o arquivamento de suas fotos”, disse Alvaro Bedoya, da Universidade de Direito de Georgetown. “A natureza e o escopo desse projeto é sem precedentes.”


Deixe uma resposta

Notice: Comments reflect the opionions of those who did wrote theme. Allowing people comment here, doenst mean, that we also agree with them.

Your email address won't be displayed. Required fields are marked with this sign: *

More information

Arquivo de posts