Como explicar o que é um offshore para uma criança de 5 anos

Com o vazamento dos Papéis do Panamá, revelações do sombrio mundo das contas offshore estão surgindo de forma numerosa e rápida. Mas como explicar isso tudo de forma simples? E como você explica que, às vezes, há bons motivos para usar contas bancárias offshore? Um usuário do Reddit, DanGliesack, inventou uma ótima forma de transmitir essa complexidade em forma de um adorável conto intencionado a crianças de cinco anos, e talvez àqueles um pouco mais velhos também.

Quando você ganha dinheiro de bolso, você o coloca num cofrinho de porco. O cofrinho está em uma estante no seu guarda-roupa. Sua mãe sabe disso, e ela o verifica ocasionalmente, para que ela saiba quando você colocou mais dinheiro ou gastou ele.

Mas um dia você decide “Eu não quero que mamãe veja meu dinheiro”. Então você vai à casa do Johnny com um cofrinho extra que você deixará no quarto dele. Você escreve seu nome no porquinho e guarda no armário do Johnny. A mãe dele está sempre muito ocupada tal que ela nunca olha o porquinho dele. Você pode manter o seu lá e isso será um segredo.

Todas as crianças no bairro gostam da ideia, e todos vão à casa do Johnny com seus porquinos. Agora o armário do Johnny está cheio de porquinhos das crianças do bairro.

Um dia, no entanto, a mãe do Johnny olha o armário do Johnny e vê todos aqueles porquinhos. Ela fica muito brava e chama os pais de todo mundo para avisá-los.

Mas nem todos fizeram isso por um motivo ruim.

O irmão mais velho do Eric sempre roubava dele, então ele queria um lugar melhor para esconder. A Tammy queria guardar dinheiro para comprar um presente de aniversário para a mãe dela, sem que ela soubesse. Assim, só achou que seria divertido.

Mas muitas crianças fizeram isso por um motivo ruim.

Elizabeth estava roubando o dinheiro do lanche das pessoas e não queria que seus pais descobrissem. Rhys estava roubando dinheiro da bolsa da mãe dele. E os pais do Bobby colocaram ele de dieta, e ele não queria que os pais dele soubessem que ele estava comprando doces.

Agora, na vida real, muitas pessoas importante foram descobertas escondendo seus porquinhos na casa de Johnny no Panamá. A mãe deles todos descobriram. Logo todos nós saberemos quais dessas pessoas importantes estavam fazendo isso por um motivo ruim e quais por bons motivos. Mas quase todos estão com problemas, de qualquer forma.

É uma grande analogia. O quê é particularmente útil é o ponto no final, que nem todo mundo tem motivos ruins por esconder o dinheiro deles dessa maneira. Como parte de sua cobertura dos Papéis do Panamá, Fusion produziu uma lista útil de razões pelas quais você possa usar uma empresa offshore.

Alguns motivos legítimos podem ser:

* Manter transações secretas – prevenindo que competidores vejam que você está investindo em materiais para manufaturar uma nova linha de produção.

* Prevenir que você seja dilacerado – prestadores de serviço como hotéis e restaurantes podem tentar cobrar à mais se souberem que estão lidando com uma empresa de grande nome ou celebridade.

* Para te manter seguro – se você está fornecendo serviços como transações para militares estrangeiros e diplomatas em zonas de guerra, é aconselhável mantê-la indetectável.

Alguns motivos menos legítimos são:

* Quando parece que haverá um conflito de interesses não declarado – como, por exemplo, o primeiro ministro da Islândia.

* Quando a empresa é registrada bem no momento que o país do qual você é presidente está enfrentando uma ameaça militar.

* Quando você, como primeiro ministro Britânico, disse publicamente que sonegação de imposto é “moralmente errado” mas acontece que sua família tem um fundo offshore que nunca pagou imposto para Britânia.

* Quando parece que sua empresa foi usada por ditadores para comprar armas.

Nós não temos certeza de como se explica essas coisas para uma criança de cinco anos. Talvez seja melhor ficar só com a parte do cofrinho de porco.

Traduzido de um texto do The Guardian, que por sua vez foi adaptado do comentário do Reddit de DanGliesack, e da Fusion Investigative Unit . Equipe de reportagem dos Papéis do Panamá: Juliette Garside, Luke Harding, Holly Watt, David Pegg, Helena Bengtsson, Simon Bowers, Owen Gibson and Nick Hopkins.

Já que você está aqui…

… nós estamos pedindo por um pequeno favor. Diferente de outras organizações, não recebemos dinheiro de governos e nem de empresas. Também não cobramos por acessos às nossas ferramentas. O Partido Pirata é uma organização independente que luta por direitos digitais, o livre compartilhamento de informações, privacidade para as pessoas e transparência de governos e corporações. Somos pessoas voluntárias tentando construir dia após dia o partido e precisamos de dinheiro para colocar algumas ideias em prática e cobrir diversos gastos. Isso requer muito trabalho e fazemos pois acreditamos que a nossa perspectiva importa porque –  também pode ser sua perspectiva.


Deixe uma resposta

Notice: Comments reflect the opionions of those who did wrote theme. Allowing people comment here, doenst mean, that we also agree with them.

Your email address won't be displayed. Required fields are marked with this sign: *

More information