Cientista descobre “backdoors” em todos os dispositivos iOS Apple

AFP Photo / Getty Images / Justin Sullivan

AFP Photo / Getty Images / Justin Sullivan

Cientista forense e autor Jonathan Zdziarski postou arquivos em (PDF) da sua palestra na Hackers on Planet Earth conferência (HOPE X), em Nova York chamado Identificar Backdoors, pontos de ataque e de Mecanismos vigilância em dispositivos iOS. A conferência HOPE começou em 1994 e se apresenta como “um dos eventos mais criativos e diversificados de hackers do mundo.”

São vários serviços sem documentos (com nomes como “lockdownd ‘,’ pcapd ‘,’ mobile.file_relay ‘e’ house_arrest ‘) que são executados em segundo plano em mais de 600 milhões de dispositivos iOS.

Pra quem não conhece o termo “backdoors” em computadores é uma falha de segurança que permite a invasão do sistema e obter total controle do dispositivo do usuário.

Zdziarski, mais conhecido como o hacker “NerveGas” na comunidade de desenvolvimento do iPhone, trabalhou como membro Dev-Team em muitos dos primeiros jailbreaks de iOS e é autor de cinco livros da O’Reilly relacionadas com o iOS.

De acordo com Jonathan em sua palestra o iPhone é “razoavelmente seguro” a um ataque típico de um hacker e que são os dispositivos mais seguros atualmente, exceto pela Apple e o governo que tem acesso a porta dos fundos.

Mas ele observa que a Apple tem “trabalhado duro para garantir o acesso aos dados em dispositivos de usuário final em nome da aplicação da lei” você pode ver claramente isso no link das “diretrizes de processos e aplicação da lei” da Apple, o que acaba protegendo a empresa sobre o acesso a backdoors nos dispositivos iOS.

Zdziarski também observa que simplesmente bloquear a tela de um iPhone não muda nada e que quando os dispositivos iOS estão ligados, suas backdoors estão acessíveis a todo momento para roubo de informações e dados, único modo é desligar o aparelho nada atraente.

Vários fabricantes de software forense comerciais, incluindo Cellebrite, AccessData e Elcomsoft utilizam as backdoor do iOS, para venda do seus produtos para as agências de aplicação da lei para enormes lucros, de acordo com Zdziarski.

Cada dia que passa, percebemos que todo está sendo monitorado pelos governos e as grandes empresas, embora isso possa ferir a nossa privacidade, não precisamos se preocupar com isso, pelo fato que as ferramentas são usadas para desvendar criminosos e se você não é um, use seu iPhone sem medo.

Fonte: ZDNet

link original 

resposta da apple

http://blogtudovariadobrasil.blogspot.com.br/2014/07/apple-responde-alegacoes-de-que-o-ios.html

Já que você está aqui…

… nós estamos pedindo por um pequeno favor. Diferente de outras organizações, não recebemos dinheiro de governos e nem de empresas. Também não cobramos por acessos às nossas ferramentas. O Partido Pirata é uma organização independente que luta por direitos digitais, o livre compartilhamento de informações, privacidade para as pessoas e transparência de governos e corporações. Somos pessoas voluntárias tentando construir dia após dia o partido e precisamos de dinheiro para colocar algumas ideias em prática e cobrir diversos gastos. Isso requer muito trabalho e fazemos pois acreditamos que a nossa perspectiva importa porque –  também pode ser sua perspectiva.


Kommentare

5 comments for Cientista descobre “backdoors” em todos os dispositivos iOS Apple

  1. Pedro commented at

    Vocês precisam de um tradutor para a página de vocês, a ferramenta de tradução do google pode até ser boa, mas é incapaz de providenciar traduções mais precisas e contextualizadas

  2. Alisson commented at

    Quem eacreveu este artigo não tem senso de pesquisa e aprendizagem. Claramente tendencioso e muito mal escrito. Em certo momento tive a impressão desatar lendo uma redação de alguma criança no ensino fundamental.

  3. Nick commented at

    “Cada dia que passa, percebemos que todo está sendo monitorado pelos governos e as grandes empresas, embora isso possa ferir a nossa privacidade, não precisamos se preocupar com isso, pelo fato que as ferramentas são usadas para desvendar criminosos e se você não é um, use seu iPhone sem medo.” — Obrigado pela ironia no fim do texto.

Deixe uma resposta

Notice: Comments reflect the opionions of those who did wrote theme. Allowing people comment here, doenst mean, that we also agree with them.

Your email address won't be displayed. Required fields are marked with this sign: *

More information