“Escolher entre Trump e Clinton é o mesmo que escolher entre gonorreia e cólera”, diz Assange

escolha!

por KaNNoN

Assim Julian Assange se referiu às eleições norte-americanas. Assange é o líder do site de vazamentos de informações Wikileaks e está exilado há quase três anos na embaixada do Equador, em Londres.

“Nós sabemos como funciona a política nos Estados Unidos. Qualquer pessoa ou qualquer partido que chegue ao poder irá se fundir com a burocracia rapidamente”, disse o fundador do Wikileaks.

As pesquisas apontam Donald Trump à frente de Hillary Clinton (44% contra 39%, segundo a última pesquisa da rede de televisão CNN), enquanto novos vazamentos mostram que Hillary foi favorecida, de maneira escancarada, contra a candidatura de Bernie Sanders.

Os e-mails vazados mostram relações muito próximas da grande imprensa com o DNC (Comitê Nacional Democrata). Debbie Wasserman Schultz, do DNC, contatou o jornal The Washington Post, que esteve envolvido na arrecadação de recursos para Clinton, pedindo por manipulação de notícias. Ela também acionou o presidente da rede de televisão MSNBC, no meio de um programa, para que retirasse partes da intervenção de Bernie Sanders. Mais de oito mil arquivos anexados mostram o poder do grande capital na manipulação do processo eleitoral norte-americano.

Facebook e Twitter censuram vazamentos do Wikileaks que comprometem Hillary Clinton

Tanto o Twitter quanto o Facebook foram bombardeados pelos usuários com acusações de que as redes sociais estariam censurando e restringindo mensagens em relação aos vazamentos do DNC. De acordo com o portal Washington Examiner, a rede social Twitter enfrenta sérias acusações de tentar conter e ocultar notícias e comentários sobre o vazamento do Wikileaks de e-mails do DNC. As acusações afirmam que o Twitter tentou esconder qualquer informação que seria prejudicial para o Partido Democrata e especialmente para Hillary Clinton.

Como observado pela Internet, até sexta-feira à tarde a hashtag #DNCLeaks foi um dos assuntos mais comentados mundialmente. Havia pelo menos 250.000 tweets usando a hashtag através da plataforma. Entretanto, ao cair da noite, a tag #DNCLeaks havia sumido da coluna de Trending Topics.

Já no Facebook, links para os vazamentos estavam sendo censurados como “link malicioso”, algo que foi admitido pelo próprio Facebook que afirmou que havia sido um “erro” no sistema.

Imprensa diz que Governo Russo teria sido o responsável pela invasão nos servidores do DNC

Jornais internacionais, como o The New York Times, reforçam a ideia de que o Kremlin estaria por trás do vazamento de e-mails do Partido Democrata, como forma de apoio ao candidato republicano Donald Trump. O site Motherboard escreveu: “Tudo indica que a Rússia está por trás da invasão.”

Recompensa por informações de assassino de membro do DNC

“Wikileaks decidiu colocar uma recompensa de US$ 20.000 por informações que levem ao autor da morte de Seth Rich, empregado do DNC”, publicou a organização em sua conta da rede social Twitter .

Rich, 27, foi baleado no início do dia 10 de Julho de 2016, enquanto caminhava para seu apartamento em Washington, no bairro de Bloomingdale, cerca de três quilômetros do Capitólio, sede do Congresso dos EUA.

A polícia disse que Rich pode ter sido morto numa tentativa de assalto, embora nada tenha sido roubado do jovem. A recompensa do Wikileaks e uma declaração de Julian Assange parecem sugerir que Rich poderia ser uma potencial fonte da organização.

escolha!

escolha!

Já que você está aqui…

… nós estamos pedindo por um pequeno favor. Diferente de outras organizações, não recebemos dinheiro de governos e nem de empresas. Também não cobramos por acessos às nossas ferramentas. O Partido Pirata é uma organização independente que luta por direitos digitais, o livre compartilhamento de informações, privacidade para as pessoas e transparência de governos e corporações. Somos pessoas voluntárias tentando construir dia após dia o partido e precisamos de dinheiro para colocar algumas ideias em prática e cobrir diversos gastos. Isso requer muito trabalho e fazemos pois acreditamos que a nossa perspectiva importa porque –  também pode ser sua perspectiva.


Kommentare

One comment for “Escolher entre Trump e Clinton é o mesmo que escolher entre gonorreia e cólera”, diz Assange

  1. Arilton Carvalho commented at

    Ta loko. Já é difícil entender o que acontece aqui no País, e lá fora vemos que o pessoal não sabe nada do que acontece aqui de verdade. Então qualquer notícia lá de fora desconfio, e procuro ver referencias sérias, mesmo assim as vezes elas se confundem., e hoje no Brasil tem muita mentira. Fiquem de olho. Falam um monte de Trump, mas aqui falam um monte de Bolsonaro, um monte de mentiras. Então fico com um pé atrás sempre. Uma mentira contada mil vezes torna-se uma verdade.

Deixe uma resposta

Notice: Comments reflect the opionions of those who did wrote theme. Allowing people comment here, doenst mean, that we also agree with them.

Your email address won't be displayed. Required fields are marked with this sign: *

More information